Shop Mobile More Submit  Join Login
About Literature / Hobbyist Mateus BragaMale/Brazil Recent Activity
Deviant for 1 Month
Needs Core Membership
Statistics 28 Deviations 0 Comments 73 Pageviews
×

Newest Deviations

Literature
A Sad Story
It is a very sad story
That I will tell you now
There aren't pride or glory
Just hurt and pain
And if I cry, don't worry
And don't scary if I scream loud.
It starts with what people call rain
I call it... Nothing. It's not important.
My name is When and
All I wanna know is Why not now?
There are no rhymes in this Poetry
All my setences are crimes against me
All I do is hurt myself 'cause I hate me
I have no faith. I have no plan.
I decide to stop all my poetries
Write is just hurting me
And the climax of pain is when
She reads and say "I love it"
'Cause she loves my poetry
But She can't love me...
:iconChaosInPerson:ChaosInPerson
:iconchaosinperson:ChaosInPerson 0 0
Literature
Voce
O barulho do mar, que ouço sentado na varanda, sempre vai me lembrar você...
Que, assim como ele, está longe demais para eu poder te ver,   mas perto o bastante para te sentir.
Engraçado como apenas pensar em você me faz sorrir...
Você sempre diz que eu preciso sorrir mais, talvez queira que eu pense mais em você.
:iconChaosInPerson:ChaosInPerson
:iconchaosinperson:ChaosInPerson 1 0
Literature
Minha Vida
Tudo que escrevo, tudo que faço,
Cada suspiro, cada passo,
Cada palavra transcrita ao papel,
Cada pensamento, cada trago em meu cigarro e a fumaça que lanço ao céu. Tudo em minha vida remete a ti, pertence a ti.
Por ti passo a noite acordado
Escrevo poemas e canções
Os poemas recito empolgado
Para ver-te derreter de paixão
As canções deixo de lado, pois
Sou poeta e não cantor.
Escrevo cada palavra com todo meu amor
Ponho em cada verso uma parte do meu coração
Tudo para que sempre, quando,
Ao final de cada poema chegar,
Saiba que nunca deixarei de te amar.
:iconChaosInPerson:ChaosInPerson
:iconchaosinperson:ChaosInPerson 1 0
Literature
Sem Ti
O silêncio, o sol, o vento,
A rede a balançar. Deito,
Olho o céu, os pássaros a voar.
O dia está lindo, tudo está perfeito, Como está. Porém, ainda que
Atordoado por tanta beleza e Perfeição, sinto um vazio em meu
Coração. Meu peito arde, dói,
A saudade dói. Em meus olhos
Brotam lágrimas de emoção.
Penso — onde estará, agora,
A dona do meu coração? Choro,
Sem poder me controlar. Paro
E permaneço em silêncio. O sol
Já não está mais tão quente e
Brilhante, o céu, de azul, agora,
Está cinza e o vento tornou-se
Frio e cortante. Nada, em minha
Vida ou no universo, pode ser
Belo, tudo deixa de ser
Interessante, sem você.
:iconChaosInPerson:ChaosInPerson
:iconchaosinperson:ChaosInPerson 0 0
Literature
Esperar-te
Tal qual a esposa, esperançosa, Aguarda a volta do marido que
Está no mar, aguardo, eu, a sua Volta para os meus braços. Espero, Ancioso, pelo perfume dos teus Cabelos e o toque da sua pele. Padeço de um desejo carnal, Espiritual, emocional, e até, Existencial por ti!  Até que eu
Possa olhar no fundo dos teus
Olhos e contemplar o mistério da
Escuridão castanha do teu olhar,
Permanecerei, eu, na escuridão,
Sem luz alguma a clarear meus Dias cinzas.
:iconChaosInPerson:ChaosInPerson
:iconchaosinperson:ChaosInPerson 0 0
Mature content
Desejo :iconchaosinperson:ChaosInPerson 0 0
Literature
Causa e Consequencia
Por que você me expõe assim?
Diante de ti, minha alma tão dura
Como rocha se dissolve como areia...
Pra você cavar e brincar de fazer
Castelos, Anjinhos, escrever seu nome...
:iconChaosInPerson:ChaosInPerson
:iconchaosinperson:ChaosInPerson 0 0
Literature
Uma Noite Qualquer
Mais uma dessas noites vazias
Cheias de solidão e conversas tolas
Com alguém que não era você.
Saiste a procura dele, pensando
Em me encontrar. Encontrou ele
Apenas para me deixar, mas não
Sozinho. Encontrastes para mim
Um companhia, afim de amenizar
Minha solidão. Porém não pense
Que, por qualquer dessas coisas,
Fiquei triste ou tenho rancor
Basta olhar a natureza para saber
Que um dia é da caça, outro do
Caçador.
:iconChaosInPerson:ChaosInPerson
:iconchaosinperson:ChaosInPerson 0 0
Literature
Natureza do Amor
Sabe o Sol que nasce todas as manhãs?
Nunca brilhou mais que o teu sorriso...
Sabe a Chuva que cai a tarde?
Nunca me molhou mais que tuas lágrimas...
Sabe a Lua que clareia a noite?
Nunca me iluminou mais que a tua felicidade...
Sabe o os Dias que passam em minha vida?
Nenhum deles faria sentido sem você...
:iconChaosInPerson:ChaosInPerson
:iconchaosinperson:ChaosInPerson 0 0
Literature
Deixe-me
Deixe-me sozinho,
Deixe-me triste,
Deixe-me buscar a minha paz.
Com ou sem você.
Leve meu Amor,
Leve meu Coração,
Leve tudo de mim para ti.
Só me deixe.
Tire meu sono,
Tire meu sossêgo,
Tire a minha paz de espírito.
Só não tire minha esperança.
Sem ela hei de perecer.
:iconChaosInPerson:ChaosInPerson
:iconchaosinperson:ChaosInPerson 0 0
Literature
Causa Perdida
Abateu-me uma grande depressão
E o pior dos sentimentos invadiu
Minha mente, meu coração, E até, minha'lma sentiu. O sentimento de derrota absoluta, de total redenção ao fracasso. Perdoe a minha frágil conduta, mas é que já estou derrotado. Pior que perder a luta, é nem poder lutar, pior que perder uma causa ganha, é Correr atrás de uma causa perdida. Minha causa perdida é você, pois perdi minha vida e minha causa ao te conhecer, perco o ar ao te ver, meus olhos perdem o brilho sem você e minha boca perde a fala em teu olhar. Porém, nunca me cansarei de perder, enquanto perder a causa signifique estar com você.
:iconChaosInPerson:ChaosInPerson
:iconchaosinperson:ChaosInPerson 0 0
Literature
O Tolo e o Caos
O caos absoluto reina em minha vida, domina o meu dia, controla meu ser. Afogado em problemas, dilemas, complicações, não vejo saída. Meu único consolo, meu refúgio, meu socorro é pensar em você.
Entre uma tarefa e outra, entre um surto de fúria e a depressão, corro. Me escondo no escuro úmido de um depósito imundo, na companhia dos ratos e baratas, apenas para te escrever.
Será que sou um tolo, por pensar tanto assim em você? Tu não és minha, mas isso não me impede te amar. Mas, se sou tolo, como poderia deixar de ser? Se, deixar de ser tolo, significa te esquecer, sem dúvida alguma, tolo prefiro ser.
:iconChaosInPerson:ChaosInPerson
:iconchaosinperson:ChaosInPerson 2 0
Literature
Estar em Voce
Queria eu estar agora ao teu lado
Acolher-te em meus braços,
Confortar a tua angústia e te dar todo o cuidado.
Sufocar teu medo em meu abraço.
Ninar-te com canções da alma,
No ritmo do meu coração
Tirar de ti esta falsa calma,
Te encher de emoção.
Dar-te a paz e o calor
Para fazer vibrar a tua essência
Dar-te a vida, tirar-lhe a força
Desta dormência, deste torpor.
Aflorar teus sentimentos, desejos e paixões.
Por amor em teu peito e brilho em teus olhos.
Fazer sentir a minha presença em ti.
Fazer-te ser, em vez de sentir, todas as emoções.
:iconChaosInPerson:ChaosInPerson
:iconchaosinperson:ChaosInPerson 3 0
Literature
Andorinha
Em meu intuito de protege-la
Ignoro sempre seus protestos
Uma ave ferida, mesmo curada
Sempre fugirá de quem chega perto
Não é por isso que não precisa de cuidado
Mesmo que me arranhe e me bique
Jamais deixarei de estar ao teu lado
E de dar-lhe amor, sempre que precise
Pouco a pouco, sei que um dia ela confiará
Que tudo que faço é para o seu bem
E sei que, apesar de ferida estar,
Ela cuida de mim também...
:iconChaosInPerson:ChaosInPerson
:iconchaosinperson:ChaosInPerson 1 0
Mariposa [Serie: Sobre insetos e Amor] :iconchaosinperson:ChaosInPerson 0 0
Literature
A Dor da Compreensao
A dor da dúvida só é menor que a dor da compreensão
O medo da loucura só é menor que o medo da razão
Compreendo que jamais serás minha, nem agora, nem nunca.
A razão do meu ser é o teu ser e isso impede a união
Até que se aprenda o que devemos aprender
Nosso amor ficará apenas em minha imaginação.
Procuro em você aquilo que não há em mim, mas não é uma usurpação
Em troca pode levar o que quiser, tudo o que eu tiver, será seu se me der teu coração.
Não o quero para mim apenas para guardar, quero por junto ao meu e a sete chaves trancar
Num armário escuro, dentro de um porão. Jamais verão a luz, nem o meu, nem o teu coração.
Nunca mais hão de sofrer, nem de lastimar, seremos apenas eu e você, sem eles para atrapalhar. O que posso dizer de tal ideia insana? Os corações são rebeldes demais para controlar.
:iconChaosInPerson:ChaosInPerson
:iconchaosinperson:ChaosInPerson 0 0

Favourites

Just A Tree :iconxanderleonart:Xanderleonart 165 9 [231] Sunstar :iconmcptato:mcptato 905 19 [232] Stop and listen :iconmcptato:mcptato 891 19 Spring Cadence :iconeluminora:Eluminora 23 3 [233] Depression :iconmcptato:mcptato 666 12 420 :iconmcptato:mcptato 273 22 Five minutes of silence :iconhangmoon:Hangmoon 1,889 99 Bard's Train 2 :iconhangmoon:Hangmoon 91 33 Impressionism :iconhangmoon:Hangmoon 2,706 239 Sun forest :iconhangmoon:Hangmoon 576 58 At the island :iconhangmoon:Hangmoon 860 73 Red :iconhangmoon:Hangmoon 524 39 Fairyland :iconhangmoon:Hangmoon 651 56 [172] Young loved :iconmcptato:mcptato 931 23 [201] Smoke and Haze :iconmcptato:mcptato 937 26 [227] A.I. :iconmcptato:mcptato 1,512 25

Groups

This user is not currently part of any groups.

Activity


It is a very sad story
That I will tell you now
There aren't pride or glory
Just hurt and pain
And if I cry, don't worry
And don't scary if I scream loud.
It starts with what people call rain
I call it... Nothing. It's not important.
My name is When and
All I wanna know is Why not now?
There are no rhymes in this Poetry
All my setences are crimes against me
All I do is hurt myself 'cause I hate me
I have no faith. I have no plan.
I decide to stop all my poetries
Write is just hurting me
And the climax of pain is when
She reads and say "I love it"
'Cause she loves my poetry
But She can't love me...
O barulho do mar, que ouço sentado na varanda, sempre vai me lembrar você...
Que, assim como ele, está longe demais para eu poder te ver,   mas perto o bastante para te sentir.

Engraçado como apenas pensar em você me faz sorrir...
Você sempre diz que eu preciso sorrir mais, talvez queira que eu pense mais em você.
Tudo que escrevo, tudo que faço,
Cada suspiro, cada passo,
Cada palavra transcrita ao papel,
Cada pensamento, cada trago em meu cigarro e a fumaça que lanço ao céu. Tudo em minha vida remete a ti, pertence a ti.

Por ti passo a noite acordado
Escrevo poemas e canções
Os poemas recito empolgado
Para ver-te derreter de paixão
As canções deixo de lado, pois
Sou poeta e não cantor.

Escrevo cada palavra com todo meu amor
Ponho em cada verso uma parte do meu coração
Tudo para que sempre, quando,
Ao final de cada poema chegar,
Saiba que nunca deixarei de te amar.
O silêncio, o sol, o vento,
A rede a balançar. Deito,
Olho o céu, os pássaros a voar.
O dia está lindo, tudo está perfeito, Como está. Porém, ainda que
Atordoado por tanta beleza e Perfeição, sinto um vazio em meu
Coração. Meu peito arde, dói,
A saudade dói. Em meus olhos
Brotam lágrimas de emoção.
Penso — onde estará, agora,
A dona do meu coração? Choro,
Sem poder me controlar. Paro
E permaneço em silêncio. O sol
Já não está mais tão quente e
Brilhante, o céu, de azul, agora,
Está cinza e o vento tornou-se
Frio e cortante. Nada, em minha
Vida ou no universo, pode ser
Belo, tudo deixa de ser
Interessante, sem você.
Tal qual a esposa, esperançosa, Aguarda a volta do marido que
Está no mar, aguardo, eu, a sua Volta para os meus braços. Espero, Ancioso, pelo perfume dos teus Cabelos e o toque da sua pele. Padeço de um desejo carnal, Espiritual, emocional, e até, Existencial por ti!  Até que eu
Possa olhar no fundo dos teus
Olhos e contemplar o mistério da
Escuridão castanha do teu olhar,
Permanecerei, eu, na escuridão,
Sem luz alguma a clarear meus Dias cinzas.

Journal

No journal entries yet.

deviantID

ChaosInPerson's Profile Picture
ChaosInPerson
Mateus Braga
Artist | Hobbyist | Literature
Brazil

Comments


Add a Comment:
 
No comments have been added yet.